Foto145

A todos os meus amigos

Posted on Posted in Vida & Poesia

Eu tive muitos amigos nessa vida afora, alguns ainda permanecem, outros já foram embora. Amigos de infância, de dividir lancheira. A parceria era tão grande que era pra ser pra vida inteira. Mas o mundo dá voltas, as coisas vão mudando e às vezes sem querer as pessoas vão se afastando.

Eu lembro de tanta gente, dos amigos da escolinha, a gente brincava tanto! Eram os melhores que eu tinha. Juntos aprendemos as vogais e a contar e choramos muitas vezes quando os pais iam nos deixar. Depois os perdi de vista, vim morar em outra cidade e novos amigos fiz para minha felicidade. Amigos na nova escola, companheiros, confidentes, que em momentos difíceis estiveram tão presentes.

O primeiro amor, eu era tão insegura! Há tantas decepções que só a amizade cura. Ficar na rua até tarde conversando bobagem ou arrumar a mochila e fazer juntos uma viagem dividindo a casa, shampoo e a comida. Você olha pros amigos e se acha tão parecida! Eu tive tantos amigos, tantos me fizeram bem, comigo eles se alegraram e até choraram também.

Foram muitas aventuras, medo, alegria, paixão, tanta gente que guardo aqui, até hoje, no coração! Amigos que já se foram e não voltam nunca mais, mas que o pouco que ficaram me trouxeram tanta paz! A todos os meus amigos, a cada um de vocês de ontem, de hoje e de sempre, espero rever outra vez. E os que não estão mais aqui, estejam aonde for, espero que possam saber o que não deu tempo dizer: eu lhes tenho um imenso amor.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *