“Eu não consigo”! Quantas vezes você já se pegou dizendo isso? Quantas vezes você desistiu de algo que queria sem ao menos tentar, apenas porque se considerou incapaz? Essa frase tem se tornado muito comum no cotidiano de muita gente, infelizmente. O que as pessoas não entendem é que ela tem um poder enorme sobre as suas vidas.

Imagine quanta coisa você já deixou de fazer simplesmente porque achava que não conseguiria? Quantas vezes você quis muito algo, mas o sentimento de incapacidade foi maior que o desejo e acabou tomando conta de você? Eu mesma já me vi várias vezes em meio à frustração de não ter realizado determinado objetivo apenas por repetir para mim mesma a velha e perigosa frase “eu não consigo”.

Se algum dia você já ouviu dizer que as palavras têm poder, eu te asseguro que elas realmente têm. E para entender o estrago que uma única frase pode fazer com a sua vida, ao longo desse texto eu trarei alguns exemplos que são bem mais comuns do que você imagina.

Por que você não consegue?

Tá aí uma boa pergunta: por que você não consegue? Você já se fez esse questionamento? Quando você diz eu não consigo certamente vem um sentimento, uma sensação ou até mesmo uma emoção dentro de você que reforça essa frase e seu cérebro entende que não vale a pena tentar, que é desnecessário. E pior: ele bloqueia o possível aprendizado ou o desejo de fazer qualquer tentativa, pois você já deixou claro que não há possibilidade de mudar de ideia.

Mas por que será mesmo que você não consegue? Talvez alguma das alternativas abaixo seja o motivo da sua negatividade:

  • Medo da mudança

É muito natural que você sinta esse receio. Todas nós temos medo do desconhecido, da mudança, da quebra de rotina, mesmo quando ela pode significar algo bom. Porém, é muito arriscado deixar esse medo te dominar, afinal, você pode acabar perdendo grandes oportunidades.

  • Receio de não conseguir

Esse receio é muito comum em pessoas perfeccionistas, que gostam de fazer tudo bem feito e de serem bem sucedidas no que fazem. Tentar e não conseguir, para muita gente pode soar pior do que não tentar. Portanto, se você é uma dessas pessoas talvez seja a hora de reavaliar se vale mesmo a pena dar todo esse cartaz ao receio.

  • Medo da frustração

Outro medo também bastante natural. Não fomos preparadas para lidar com a frustração, mas para colocar o sucesso sempre em primeiro lugar. O problema é que podemos até fugir de algumas, mas as frustrações sempre farão parte da nossa vida, não há como evitar. E cá entre nós, desistir de tentar já é uma maneira de se frustrar.

  • Receio da cobrança de outras pessoas

Outro motivo comum que costumamos usar para dizer a nós mesmos que não conseguiremos fazer algo é o receio de sermos cobrados. Isso porque as pessoas nem sempre estão torcendo por nós, mas curiosas para saber se conseguimos ou não – triste fato. Mas, cá entre nós, vale mesmo a pena se preocupar tanto com quem não merece?

  • Desinteresse pelo objetivo ou ação

Às vezes a gente fala que não consegue por desconhecer as maneiras de realizar aquela ação aliadas ao fato de realmente não termos interesse em aprender ou em realizá-la. Nesse caso o melhor mesmo é não forçar, afinal, de que adianta fazer algo que não lhe interessa?

  • Autossabotagem

Pois é. Esse é o ponto. Nós temos o poder de nos autossabotar. Eu não diria nem só o poder, mas a mania. Basta aparecer algo bacana, uma oportunidade, um desafio positivo, algo que nos possibilite crescer, sair do lugar que estamos para ir além e pronto. Lá vem o desejo de nos autossabotar. E adivinha a primeira coisa que fazemos para começar esse processo? Isso mesmo, dizemos eu não consigo.

Será que você realmente não consegue?

Será? E por que não conseguiria? Será que o fato de não conseguir não está ligado a alguma barreira interna, algum bloqueio, alguma experiência ruim relacionada ao que você poderia conseguir? Se está atrelado a algum dos motivos listados acima, agora você já sabe que é possível mudar. Mas a questão é: você quer essa mudança?

A autossabotagem acontece quando você diz não mesmo sabendo que o ideal seria dizer sim. É como se a nossa mente não quisesse se dar àquele trabalho, como se preferisse permanecer no lugar, afinal, não é muito cômodo passar por um processo de aprendizagem e realizar algumas conquistas.

Não seria esse então o momento de começar a reverter esse comportamento, esse pensamento, essa forma de se manter para sempre no mesmo lugar? E se você conseguir? E se isso mudar a sua vida? Vai perder mesmo a oportunidade de construir uma grande história?

Sim, você consegue!

É claro que você consegue! Todos nós podemos conseguir realizar alguma coisa, ou muitas, seja lá o que for. O problema está justamente no “eu não consigo”. Quando você parar de alimentar a sua mente com ideias negativas sobre si mesma, quando começar a perceber que a dificuldade quase sempre é colocada por si própria, perceberá que pode realizar muito mais do que imagina.

Tudo é uma questão de determinação, desejo e força de vontade. Basta você lembrar de alguma situação em que queria muito conquistar determinada posição ou vencer algum obstáculo porque por algum motivo considerava aquilo importante para a sua vida. Então as dificuldades se tornaram pequenas e foi apenas uma questão de tempo para conseguir. Estou errada?

Pois bem, são situações similares, a única diferença é a importância que você dá ao objetivo ou a paixão que você coloca em conquistar aquele resultado. Todas nós temos um poder imenso para conquistar o que quisermos, mesmo que aquilo pareça absurdo aos olhos de outras pessoas.

Se você olhar na história da humanidade verá os grandes feitos que para tal período eram considerados impossíveis, mas um humano normal que decidiu dizer “eu consigo” ao invés do contrário simplesmente conseguiu realizar, mesmo com uma torcida contra. E sabe qual era o segredo? Te conto no próximo parágrafo.

Acredite em si mesma!

Isso mesmo, o segredo para conseguir realizar qualquer feito é o tão clichê, mas poderosíssimo acreditar em si. Não há poder maior do que aquele conquistado por quem acredita em seu próprio potencial. Quando você acredita que pode você realmente pode. Todos os medos se tornam pequenos, todos os obstáculos se tornam degraus e tudo o que parecia atrapalhar passa a favorecer.

Troque o “eu não consigo” pelo “eu posso qualquer coisa”. Quando você passa a acreditar realmente em si as coisas fluem melhor, a sua vida se modifica e você se transforma. Seu potencial passa a ter mais evidência, seus talentos se afloram ainda mais e você descobre coisas sobre si que nem imaginava. Acredite em si mesma. Você pode tudo. Você consegue o que quiser. Não é mágica, não é mistério, não é magia nenhuma. É apenas o cérebro humano fazendo a sua parte. Não limite o seu.

E então, o que seus medos têm te impedido de fazer? O que a insegurança não te permitiu realizar? Chegou o momento de trocarmos essas experiências. Conta a sua aqui nos comentários!

Bia Lopes Bia Lopes é publicitária com 9 anos de atuação como coordenadora de marketing em assessoria de comunicação. Cordelista, publicou a trilogia Ana Lísias em Cordel, obra dedicada ao público feminino. Também formada em Gestão de Recursos Humanos e trabalha com desenvolvimento humano por meio de palestras, minicursos e capacitações. Ativista da causa animal e apaixonada pela vida. Nas horas vagas, gosta de observar o mundo e descreve-lo neste blog.
Mais em Guia de Transformação
  • “Eu não consigo”! Quantas vezes você já se pegou dizendo isso? Quantas vezes você desistiu…

  • Últimas Histórias
    Ver todos os posts

    Youtube

    "Eu não consigo" e o poder da autossabotagem

    Gratidão e recomeço. Bem-vindo, 2019!

    Não veja esse vídeo

    Aprenda a ficar sozinha

    Mulheres & Novelas

    Moda é ser livre (e respeitar o próprio corpo)